Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Eleições 2022: brasileiros que mudaram de país devem informar novo local de votação até 4 de maio

Em 2 de outubro será realizado o primeiro turno e um eventual segundo turno está programado para acontecer no dia 30 do mesmo mês
Eleições 2022: brasileiros que mudaram de país devem informar novo local de votação até 4 de maio
Abdias Pinheiro/ASCOM/TSE.

Em menos de quatro meses, no dia 4 de maio, termina o prazo para eleitores que mudaram de país informem o novo local de votação, diz o Tribunal Superior Eleitoral.

Todos os eleitores que residem fora do Brasil e possuem domicílio eleitoral no exterior são obrigados a votar nas eleições para presidente e vice-presidente da República.

Na mesma data terminará o prazo para regularizar o título eleitoral, ou mesmo solicitar a primeira via do documento.

Se o eleitor informou o novo endereço, mas estiver ausente no dia da eleição ou impedido de comparecer ao local de votação, deverá justificar pelo aplicativo e-Título.

As seções eleitorais para o primeiro e o segundo turnos de votação funcionarão nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais em que existam serviços do governo brasileiro.

De acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores, o número de brasileiros que residem no exterior cresce a cada ano e já ultrapassa os 4,2 milhões de cidadãos em uma centena de países. Eles estão concentrados, especialmente, nos Estados Unidos, em Portugal, no Paraguai, no Reino Unido e no Japão.

O TSE diz ainda que não é possível votar em outro país durante uma viagem a passeio. O voto em trânsito é permitido apenas em território nacional.

Em 2 de outubro, os brasileiros vão às urnas para escolher presidente da República, governadores, senadores e deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno para presidente e governador poderá ocorrer no dia 30 de outubro. As datas correspondem ao primeiro e ao último domingo do mês, conforme prevê a Constituição Federal.

Para estas eleições, o Tribunal Superior Eleitoral fixou a uniformização do horário de encerramento e de início da votação das eleições. A Corte decidiu que as eleições começarão e se encerrarão no horário oficial de BrasíliaEssa regra, entretanto não se aplica ao voto no exterior.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....