Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Boris Johnson diz que não vai renunciar por supostas festas durante lockdown

Premiê britânico é acusado de ter participado de eventos na pandemia
Boris Johnson diz que não vai renunciar por supostas festas durante lockdown
Reprodução

O premiê britânico, Boris Johnson (foto), disse hoje no Parlamento que não vai renunciar após uma série de supostas festas em seu escritório e na residência oficial durante o lockdown no Reino Unido. Apesar disso, Johnson concordou que os ministros que conscientemente enganam os parlamentares devem renunciar.

O premiê foi acusado por Keir Starmer, líder trabalhista da oposição, de mudar seu relato em relação aos eventos. No último dia 12, Boris Johnson (foto) admitiu ter participado de uma festa em maio de 2020, no jardim da residência oficial. O premiê disse, no entanto, que achou que se tratava de um evento de trabalho e que permaneceu lá apenas por cerca de 25 minutos. Dias depois, Dominic Cummings, ex-assessor de Johnson, disse que ele mentiu.

Como mostramos, a Polícia Metropolitana de Londres decidiu abrir uma investigação para apurar o caso.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....