Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

WhatsApp e TSE discutem ações para combater fake news

Um canal de denúncias também será criado para apontar contas suspeitas de realizar disparos em massa, o que não é permitido na legislação eleitoral
WhatsApp e TSE discutem ações para combater fake news
Foto: Reprodução

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso (foto), se reuniu nesta quinta-feira (27) com o chefe do WhatsApp, Will Cathcart, para saber quais ações que serão implementadas pelo aplicativo de mensagens para combater notícias falsas nas eleições deste ano. 

“O modelo ideal deve partir de medidas concretas e políticas das próprias plataformas. Isso pode ser feito mediante regras claras e transparentes nos seus termos de uso e serviços, como também por meio de parcerias com os órgãos públicos, quando necessário. O acordo do WhatsApp com o TSE visa justamente proteger a democracia contra comportamentos inautênticos, mas sem restrição indevida ao debate público e à liberdade de expressão”, disse Barroso.

Segundo a Corte, a parceria entre TSE e WhatsApp prevê o desenvolvimento do assistente virtual (chatbot) oficial do tribunal no aplicativo de mensagens, que auxiliará a instituição na comunicação com os eleitores, além de facilitar o acesso a serviços da Justiça Eleitoral, como consulta ao local de votação e acesso a informações sobre candidatos.

Um canal de denúncias também será criado para apontar contas de WhatsApp suspeitas de realizar disparos em massa, o que não é permitido na legislação eleitoral.

O WhatsApp também informou que não implementará novas funcionalidades no Brasil que possam impactar de forma significativa o uso da plataforma até o fim das eleições.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....