Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

STJ também passa a exigir comprovante de vacina para frequentadores do tribunal

Jair Bolsonaro, por exemplo, terá que se vacinar contra a Covid ou apresentar um teste negativo para a doença se quiser ir a eventos do tribunal.
STJ também passa a exigir comprovante de vacina para frequentadores do tribunal
Foto: Gustavo Lima/STJ

O Superior Tribunal de Justiça anunciou que vai passar a exigir o cartão de vacinação contra a Covid de seus servidores, de visitantes e jornalistas a partir de 1º de fevereiro de 2022. Em semanas anteriores, o Supremo também fixou a exigência.

Segundo a Corte, em relação ao público externo, as informações sobre o comprovante serão gravadas no sistema de controle de acesso na primeira vez que essas pessoas forem ao tribunal. No caso de pessoas com contraindicação para a vacina, o acesso poderá ocorrer mediante apresentação de relatório médico justificando a restrição à imunização.

Jair Bolsonaro, por exemplo, terá que se vacinar contra a Covid ou apresentar um teste negativo para a doença se quiser ir a eventos do tribunal. Como mostramos, Bolsonaro tem pela frente a posse de André Mendonça no STF, marcada para o próximo dia 16 e terá que apresentar os comprovantes.

Já noticiamos também que o Congresso não tem exigido comprovação de vacina para autoridades. Na Câmara, por exemplo, para a aprovar a PEC dos Precatórios, Arthur Lira liberou geral e permitiu que prefeitos lotassem o Salão Verde sem comprovar a imunização.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....