Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Queiroga evita dizer data para vacinação de crianças e recomenda a pais buscarem um médico

Ministro delegou ao nº2, Rodrigo Cruz, tarefa de informar chegada prevista de primeiras doses em 13 de janeiro
Queiroga evita dizer data para vacinação de crianças e recomenda a pais buscarem um médico
Reprodução/Ministério da Saúde/YouTube

Marcelo Queiroga evitou nesta quarta (5), na coletiva de imprensa sobre vacinação de crianças, dizer quando essa vacinação começa.

No começo do pronunciamento, passou a tarefa para o secretário-executivo, Rodrigo Cruz. Foi ele, e não o ministro, que anunciou esperar para 13 de janeiro a chegada das primeiras doses da vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos, com distribuição aos municípios em 14 de janeiro.

Na segunda parte do evento, recebendo perguntas da imprensa, Queiroga desviou do assunto de novo, passando a palavra novamente para Cruz, que repetiu a data esperada de 13 de janeiro.

No final da coletiva, Queiroga foi perguntado se recomenda ele próprio vacinar crianças. O ministro respondeu que o pai ou mãe deve procurar um médico de confiança. Um repórter insistiu: “E se fosse um [pai] que não tem um médico de confiança?”.

Queiroga respondeu: “Então. Nós temos no Brasil 53 mil equipes de saúde da família, que têm médicos competentes, que podem esclarecer as dúvidas dos pais, para que eles possam tirar a conclusão e decidirem o que é melhor para os seus filhos”.

Procurada hoje por O Antagonista, a Pfizer ainda não informou uma data mais precisa para a chegada das primeiras doses da vacina pediátrica, ou uma estimativa de quantidades.

A vacina pediátrica da Pfizer foi aprovada pela Anvisa em 16 de dezembro. Essa vacina tem dosagem menor do que aquela aplicada em adolescentes e adultos. A vacina para crianças é envasada em frasco com tampa laranja, em vez de roxa. Ainda não há doses no Brasil.

Nesta segunda (3), o ministro da Saúde havia dito a jornalistas que a vacina pediátrica da Pfizer começaria a chegar “na segunda quinzena de janeiro”. No mesmo dia, a Pfizer confirmou estimar entregas “a partir de janeiro de 2022”.

Nos Estados Unidos, a vacinação de crianças de 5 a 11 anos começou em novembro. Pelos dados do CDC, cerca de 7 milhões já receberam pelo menos a 1ª dose.

Leia mais:

Secretária de Covid teima em insistir que pais procurem médico antes de vacinar crianças

Covid está entre as principais causas de mortes de crianças de 5 a 11 anos no Brasil, diz secretário

A semelhança entre Marcelo Queiroga e Vitor Hugo

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....