Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PGR abre investigação preliminar sobre suposta rachadinha de Davi Alcolumbre

A Procuradoria já marcou o depoimento de Paulo Boudens, ex-chefe de gabinete de Alcolumbre para 17 de dezembro, às 16h, na sede do MP
PGR abre investigação preliminar sobre suposta rachadinha de Davi Alcolumbre
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

A Procuradoria-Geral da República informou ao Supremo Tribunal Federal que abriu uma investigação preliminar sobre o senador Davi Alcolumbre (foto) por suposta “rachadinha” no gabinete dele.

A PGR já marcou o depoimento de Paulo Boudens, ex-chefe de gabinete de Alcolumbre para 17 de dezembro, às 16h, na sede da PGR.

A manifestação é assinada pela subprocuradora Lindôra Araujo. “Com o processamento da referida Notícia de Fato, por meio de requisições e levantamento de informações, caso surjam indícios de possível prática de ilícitos penais pelo noticiado, poderá ser requerida a instauração de inquérito nesse Supremo Tribunal Federal para a produção de provas da materialidade e indícios de autoria”, disse.

A manifestação se deu em pedido do senador Alessandro Vieira. O pedido de investigação ocorre depois de a revista Veja revelar que o parlamentar recebeu pelo menos R$ 2 milhões por meio do esquema. De acordo com a reportagem, seis mulheres foram contratadas como assessoras, mas nunca trabalharam no Senado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....