Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Maioria dos ministros candidatos deve deixar o cargo em 31 de março

Pelo menos seis, dos nove que já confirmaram que disputarão as eleições de outubro, pretendem se desincompatibilizar quinta que vem
Maioria dos ministros candidatos deve deixar o cargo em 31 de março
Foto: Marcos Corrêa/PR

Pelo menos seis, dos nove ministros que serão candidatos nas eleições de outubro, devem deixar seus respectivos cargos em 31 de março, quinta-feira da semana que vem.

Como mostramos ontem, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, já indicou a aliados que vai se desincompatibilizar no final do mês.

Seguirão movimento semelhante a ministra Flávia Arruda (foto), da Secretaria de Governo; o ministro Braga Netto, da Defesa; a ministra Tereza Cristina, da Agricultura; o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni.

Pela legislação eleitoral, o prazo para desincompatibilização termina no dia 2 de abril. Mas, para evitar impugnações, os integrantes do primeiro escalão estão sendo orientados a deixar o cargo no último dia útil deste mês.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....