Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Girão não acredita que Moro conseguirá ser candidato ao Planalto pela União Brasil

O senador do Podemos do Ceará disse que seguirá trabalhando "para que tenhamos uma opção a fim de evitar o retorno do PT"
Girão não acredita que Moro conseguirá ser candidato ao Planalto pela União Brasil
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O senador Eduardo Girão (foto), do Podemos do Ceará, disse a O Antagonista nesta quinta-feira (31) que respeita e compreende a decisão de Sergio Moro de se filiar à União Brasil.

“Mas, infelizmente, não creio que ele terá a legenda para ser candidato a presidente.”

Girão, que se declara independente, elogiou Moro (“Um cidadão decente e corajoso”) e disse que a missão do ex-juiz como presidenciável seria “resgatar princípios e valores, especialmente, no que se refere ao enfrentamento da corrupção e da impunidade”. Ele afirmou também que a Lava Jato é “patrimônio e símbolo internacional positivo da nossa nação, que foi desmantelada pelos três Poderes da República”.

O senador acrescentou que seguirá trabalhando “para que tenhamos uma opção a fim de evitar a maior tragédia para o Brasil, que seria o retorno do PT e seus aliados ao poder”.

A aliança de Moro com a União Brasil era algo costurado desde o início do ano: relembre aqui.

Leia tambémSenador do Podemos não vai mais apoiar Moro: “Não foi eu quem quebrei a coerência”

Leia tambémKajuru, sobre saída de Moro do Podemos: “Que ele siga a vida dele e pronto”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....