Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Deputado aliado de Moro: "O Nordeste te rejeita, Bolsonaro"

Julian Lemos disse que rodou a região com o então candidato e pode afirmar que o presidente "não tem respeito pelo povo nordestino"
Deputado aliado de Moro: “O Nordeste te rejeita, Bolsonaro”
Foto: Aloísio Abrantes Filho

O deputado Julian Lemos (PSL-PB), que será uma das lideranças da União Brasil na Paraíba, criticou a tentativa de Jair Bolsonaro de buscar votos no Nordeste — o presidente, como noticiamos, vai intensificar viagens pela região a partir desta semana, na busca de recuperar o sentimento antipetista de 2018.

“Bolsonaro não sabe nada sobre o sentimento do povo nordestino. Se soubesse, jamais chamaria um de nós, ainda que por brincadeira, de ‘pau de arara’: algo que seus filhos fazem com muita facilidade. Eles desconhecem o sofrimento que muitos passaram buscando escapar da seca em caminhões com fome e tristeza”, disse Lemos (foto).

Hoje, Bolsonaro disse a apoiadores que também se refere a nordestinos como “cabeçudo” e “arataca”.

“Jair Bolsonaro não tem identidade com o nosso povo. Ele já deu prova disso quando não deixou legado algum neste governo para quem deu a maior votação contra o PT em eleições. Bolsonaro acha que vai comprar o nosso povo com auxílio, que antes chamava de ‘Bolsa Miséria’. Não vai. Bolsonaro dizia que ‘pobre votava com a barriga’. Nosso povo é simples, mas não é tolo. Temos dignidade. Votamos nele por crer em uma mudança, e a mudança não veio”, acrescentou o deputado, cujo principal desafeto público é o vereador Carlos Bolsonaro.

O parlamentar disse mais:

“Sou nordestino, andei todo o Nordeste com o Bolsonaro [então candidato] — e boa parte do país também –, e posso afirmar: Bolsonaro não tem respeito pelo povo nordestino, não sabe o que seja fome nem sede. Tanto condenou o PT, mas usa das mesmas ferramentas que o PT usou. Jair Bolsonaro, o povo nordestino não tem preço. Nós temos valor. O Nordeste te rejeita, Bolsonaro, e este ano você verá isso.”

Em janeiro, Lemos transformou a própria festa de aniversário em um evento político pró-Moro. O deputado é um dos que defendem a aliança entre o Podemos, partido ao qual o ex-juiz da Lava Jato se filiou para disputar o Planalto, e a União Brasil, resultante da fusão entre PSL e DEM, que será confirmada hoje à noite pelo TSE.

Leia também: “Bolsonaro está lascado no Nordeste”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....