Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crusoé: "Foi um período pesado e confuso", diz ex-embaixador americano

Diplomata Todd Chapman fala sobre a dificuldade em intermediar a relação com o Brasil na mudança de Donald Trump para Joe Biden
Crusoé: “Foi um período pesado e confuso”, diz ex-embaixador americano
Foto: Alan Santos/PR

O diplomata Todd Chapman (foto) teve seu nome anunciado para assumir a embaixada dos Estados Unidos no Brasil em 2019, quando Donald Trump comandava a Casa Branca e Jair Bolsonaro havia acabado de assumir o Palácio do Planalto, lembra a Crusoé.

Em Brasília, Chapman cultivou relações próximas com Bolsonaro e sua família. Com a posse de Joe Biden, há um ano, o quadro mudou sensivelmente. Chapman seguiu no cargo por mais sete meses apenas, e a embaixada passou ao comando de Douglas Koneff, o encarregado de negócios.

Em entrevista à Crusoé, o ex-embaixador fala sobre a dificuldade em intermediar a relação com o Brasil na mudança de Trump para Biden, especialmente em razão da demora do Planalto em reconhecer o resultado das eleições americanas.

“Esse foi um período político bastante pesado e confuso, por causa do que estava acontecendo nos Estados Unidos. Eu já trabalhei para seis presidentes. Essa última transição de poder foi a mais difícil de todas. Muito incômoda.”

LEIA AQUI; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....