Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Criança em Lençóis Paulista (SP) tem síndrome que provocou taquicardia, diz secretaria

Paciente, que está estável, tem pré-excitação no eletrocardiograma, característica da síndrome de Wolff-Parkinson-White (WPW)
Criança em Lençóis Paulista (SP) tem síndrome que provocou taquicardia, diz secretaria
Foto: Fernando Lauria Darcie/Wikimedia

O Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretaria de Saúde paulista informou nessa quinta (20) que a criança que sofreu uma parada cardíaca em Lençóis Paulista (SP) tem uma pré-excitação no eletrocardiograma, característica da síndrome de Wolff-Parkinson-White (WPW).

“Esta é uma condição congênita que leva o coração a ter crises de taquicardia. Algumas destas crises podem ter frequência muito alta, levando até a síncope ou mesmo morte súbita. A WPW é [a] mais comum causa de morte súbita por arritmia ventricular”, acrescentou o centro.

Em nota à imprensa divulgada ontem, a Secretaria informou que a criança “possuía uma doença congênita rara”, sem identificar. A nota do CVE é mais completa.

“A criança foi atendida em tempo oportuno, o quadro foi revertido e ela encontra-se hospitalizada, monitorizada e estável”, acrescentou o CVE ontem.

Depois da parada cardíaca, o prefeito do município, Anderson Prado (DEM), suspendeu a vacinação de crianças na cidade por sete dias. Procurada várias vezes, a prefeitura ainda não respondeu a perguntas de O Antagonista.

Leia mais:

Governo de SP diz que vacina não causou reação em criança de Lençóis Paulista

Doria: evento adverso sem relação com vacina foi “celebrado” por bolsonaristas

Prefeitura de Lençóis Paulista (SP) suspende vacinação por 7 dias após parada cardíaca

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....