Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Caixa engavetou denúncia de assédio contra Pedro Guimarães em 2020, diz site

Segundo o Metrópoles, no episódio em questão, o então-dirigente da estatal ameaçou demitir toda a equipe devido a problemas técnicos na transmissão de uma live
Caixa engavetou denúncia de assédio contra Pedro Guimarães em 2020, diz site
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal engavetou uma denúncia interna de 2020 contra o ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, derrubado após série de acusações de assédio sexual e moral serem reveladas pela imprensa no final de junho.

A informação sobre a denúncia engavetada foi revelada pelo Metrópoles nesta quinta-feira (7).

Segundo o portal de notícias, no episódio em questão, o então-dirigente da estatal surtou e ameaçou demitir toda a equipe devido a problemas técnicos na transmissão de uma live no final de maio de 2020.

A queixa foi feita por uma funcionária não-identificada pelo sistema “Viva Voz”, vinculado ao Departamento de Gestão de Engajamento, Benefícios e Rede.

A denúncia deveria ter sido encaminhada para a Corregedoria do banco, mas o departamento a rejeitou, pelo menos, duas vezes.

Na primeira ocasião, a justificativa oficial para a recusa foi que a funcionária usou “palavras ofensivas e de baixo calão” na reclamação.

Na segunda vez, quase um mês depois, o departamento alegou desconhecer os fatos apontados pela funcionária e que Guimarães não infringiu nenhuma norma do Código de Conduta no episódio.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....