Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro pede que Rosa Weber arquive inquérito sobre Covaxin

Presidente é acusado de prevaricação; recurso assinado pela Advocacia-Geral da União insiste para que o arquivamento pedido pela PGR seja acolhido
Bolsonaro pede que Rosa Weber arquive inquérito sobre Covaxin
Foto: Nelson Jr./STF

Depois de Augusto Aras, Jair Bolsonaro pediu nesta terça (5) ao STF que Rosa Weber (foto) reconsidere a decisão de manter o inquérito que investiga suposta prevaricação do presidente no caso da compra da vacina indiana Covaxin.

Assinado pela AGU (Advocacia-Geral da União), o recurso apresentado ao Supremo insiste para que o pedido de arquivamento do inquérito feito pela PGR seja acolhido.

“Se a PGR, ao final das investigações, entendeu pela inexistência de crime, em convergência com o entendimento da defesa, não há conflito e, nesta medida, não cabe ao magistrado substituir-se neste crivo, sob pena de grave cisão do devido processo legal substantivo”, diz o recurso da AGU.

Assim como Aras já havia feito, o presidente também pede que, caso não reconsidere a própria decisão, a ministra submeta o tema ao plenário do STF.

Relatora do inquérito sobre a Covaxin, Rosa contrariou pareceres da PGR e da PF e se negou a arquivar a apuração.

O caso foi levado ao STF depois que o deputado Luis Miranda e seu irmão Luis Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde, acusaram Bolsonaro de ignorar suspeitas de corrupção no processo de aquisição da vacina indiana —caso revelado por O Antagonista em junho de 2021.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....