Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro cita aborto e diz que "2022 decidirá o rumo do país nos próximos 30 anos"

O presidente disse que as indicações que fez ao Supremo foram baseadas nos posicionamentos dos escolhidos em relação ao tema
Bolsonaro cita aborto e diz que “2022 decidirá o rumo do país nos próximos 30 anos”
Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

Jair Bolsonaro (foto) voltou a criticar nesta quarta-feira (23) a decisão do Tribunal Constitucional da Colômbia que liberou o aborto até a 24ª semana de gestação.

No Twitter, o presidente alertou para o risco de que algo semelhante venha a acontecer no Brasil. Ele citou o fato de que, no ano que vem, o ocupante do Palácio do Planalto poderá indicar dois ministros do Supremo.

Segundo Bolsonaro, as próximas eleições vão decidir o futuro do Brasil nos próximos 30 anos.

“Infelizmente, em muitos países o aborto foi legalizado através do ativismo judicial, por meio da usurpação de funções legislativas por parte das cortes superiores. Por isso, um dos critérios que usei na indicação ao Senado, para possíveis e então eleitos ministros ao STF foi a oposição ao aborto. Lembramos que o próximo Presidente da República indicará mais dois ministros ao STF. 2022 não decidirá apenas o rumo do Brasil nos próximos 4 anos, decidirá o rumo do nosso país nas próximas três décadas. É nosso povo que vai decidir mais uma vez.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....