Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

ACM Neto não quer saber de Ciro Gomes

Candidato ao governo da Bahia, ex-prefeito de Salvador conseguiu derrubar uma pesquisa que atrelava o nome dele ao do pedetista
ACM Neto não quer saber de Ciro Gomes
Fotos: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil e André Carvalho/CNI

ACM Neto (foto, à esquerda), secretário-geral da União Brasil, conseguiu suspender a divulgação de uma pesquisa eleitoral feita na Bahia que atrelava o nome dele ao presidenciável Ciro Gomes (foto, à direita).

A decisão é do desembargador Vicente Oliva Buratto, do TRE da Bahia, que determinou a imediata suspensão da divulgação da pesquisa, inclusive em redes sociais, sob pena de multa diária de R$ 5 mil. A informação, dada inicialmente pelo site Bnews, foi confirmada por O Antagonista.

A pesquisa em questão, do Instituto Opinus de Opinião e Pesquisa LTDA/Instituto OPNUS, havia sido contratada pela empresa Diamantina Rádio e Televisão LTDA/Nova Salvador FM e, entre outras questões, perguntava aos entrevistados se eles votariam em ACM Neto, pré-candidato ao governo da Bahia pela União Brasil, com o apoio do pedetista Ciro Gomes.

Para a defesa de Neto e da União Brasil, a pesquisa é irregular, uma vez que inexiste vinculação entre o ex-prefeito de Salvador e Ciro Gomes, pois nunca houve declaração formal de apoio do primeiro ao segundo. Por enquanto, ACM Neto pretende deixar seu palanque aberto durante a campanha.

O desembargador Oliva Buratto acolheu tais argumentos e, em seu despacho, disse que a pesquisa, devidamente registrada na Justiça Eleitoral, induz o eleitorado “potencialmente a erro na avaliação do cenário político”, “em fulgente desvirtuamento do plério, situação com a qual não pode a Justiça Eleitoral compactuar”.

Leia clicando aqui a íntegra da decisão.

Na mesma pesquisa, agora suspensa, os adversários de ACM Neto João Roma (Republicanos) e Jerônimo Rodrigues (PT) são atrelados aos presidenciáveis Jair Bolsonaro e Lula, respectivamente.

Leia também: União lulista

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....