Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Os efeitos do antibolsonarismo em São Paulo

Com a rejeição de eleitores paulistas a Bolsonaro, candidatos de esquerda ganham força
Os efeitos do antibolsonarismo em São Paulo
Foto: Ricardo Stuckert/LulaOficial/Flickr

No Papo Antagonista dessa segunda-feira, Diogo Mainardi falou sobre os efeitos do antibolsonarismo em São Paulo. A mais recente pesquisa do Instituto Paraná sobre a disputa ao governo estadual mostra Fernando Haddad (PT) na liderança, com 30,2% das intenções de voto, seguido por Márcio França (PSB), com 17,1%, e por Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), com 12,6%. O levantamento indica que Haddad e França, ambos ligados a Lula, somam juntos quase 50% das intenções de voto. Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....