Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministro do STJ pede que advogado sem gravata se retire da sessão; assista

Em abril do ano passado, o ministro aposentado Marco Aurélio chamou a atenção quanto à escolha do traje: substituiu a toga por uma confortável polo branca
Ministro do STJ pede que advogado sem gravata se retire da sessão; assista
Foto: Gustavo Lima/STJ

Em sessão virtual do Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta terça-feira (23), o ministro Luis Felipe Salomão pediu que um advogado se retirasse porque ele estava sem gravata.

“Vossa Excelência não pode participar da sessão dessa forma, não é possível”, disse o ministro. Em seguida, o advogado perguntou: “Como assim?”. “Tem que se trajar adequadamente”, afirmou o ministro. O advogado, então, ficou sem palavras e a imagem dele foi cortada. “Pode cancelar”, disse Salomão.

Há uma portaria do STJ em que está fixado que, em sessões presenciais, homens devem usar calça social e paletó, camisa social, gravata e sapato social. Já as mulheres devem usar vestido ou, alternativamente, blusa com calça ou saia, todos de natureza social, além de calçado social.

Em abril do ano passado, o ministro aposentado Marco Aurélio, do STF, chamou a atenção ao destoar dos colegas quanto à escolha do traje: substituiu a toga por uma confortável polo branca. Todos os demais estavam togados.

Assista ao vídeo:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....