Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Vamos ser agressivos de votar no 13”, afirma Lula, durante evento em Sumaré; assista

Legislação em vigor proíbe pré-candidatos de fazer campanha antes do período determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral
“Vamos ser agressivos de votar no 13”, afirma Lula, durante evento em Sumaré; assista
Foto: Ricardo Stuckert/Twitter/Lula

Em discurso realizado em Sumaré, no interior de São Paulo, o ex-presidente Lula afirmou que sua campanha não será agressiva, mas defendeu que os eleitores sejam “agressivos de votar no 13”, em 2 de outubro.

Pela legislação eleitoral, pré-candidatos não podem fazer pedido explícito de voto até o início da campanha, marcado para 16 de agosto. Entretanto, neste ano, os dois principais candidatos já cometeram deslizes que podem ser interpretados como crime eleitoral.

Hoje, ao falar para militantes petistas no interior de São Paulo, Lula rebateu críticas de Jair Bolsonaro e declarou:

“[Bolsonaro fala que] a campanha [do Lula] vai ser suja, vai ter mentira, agressividade. Eu queria dizer para esse cidadão que, por acaso, virou presidente da República que nós vamos fazer uma campanha limpa, a nossa campanha não será agressiva, a nossa campanha não terá ‘fake news’. O que vai acontecer nesse país é que nós vamos ser agressivos de votar no 13, no dia 2 de outubro, para que a gente possa tirar ele e colocar alguém mais democrático para governar esse país.”

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....