Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Procon cobra o McDonald's por McPicanha sem picanha

Órgão do governo paulista notificou a rede de fast food nesta quinta (28); composição do hambúrguer tem apenas um molho com "aroma natural de picanha"
Procon cobra o McDonalds por McPicanha sem picanha
Divulgação

O Procon de São Paulo notificou nesta quinta-feira (28) o McDonald’s e pediu à rede explicações sobre a nova linha de sanduíches McPicanha (foto), registra o G1.

No início deste mês, a rede de fast food incluiu a nova linha de hambúrgueres no seu cardápio —mas o corte nobre da carne não consta da composição do sanduíche; apenas um molho com “aroma natural de picanha”.

Na notificação, o órgão do governo paulista pede que a empresa apresente a tabela nutricional dos hambúrgueres, com a composição dos ingredientes, além de documentos que “comprovem os testes de qualidade realizados”. Os esclarecimentos deverão ser prestados até 2 de maio.

Também nesta quinta, o Conar, entidade de autorregulação da publicidade no Brasil, anunciou ter aberto um processo para investigar a propaganda do McPicanha depois de receber reclamações de consumidores.

O McDonald’s não se manifestou sobre a notificação do Procon paulista, mas disse que ajustaria sua publicidade para especificar a composição do hambúrguer. No Distrito Federal, o Procon local proibiu a rede de vender o McPicanha, por “indução de consumidor ao erro” —a decisão vale já a partir desta quinta.

O Antagonista comenta: a piada do “cheeseburger sem queijo” parece ter virado realidade. Se o sanduíche de picanha é com picanha fake, espera-se que pelo menos o McChicken contenha frango, a batata frita seja feita com batata e o pão com gergelim tenha traços de pão e gergelim.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....