Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Oportunidade perdida

Ao ser boicotado pelo Podemos e enredado na União Brasil, Moro perdeu o que mais lhe valeria na campanha: a chance de debater com Lula e Jair Bolsonaro
Oportunidade perdida
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Ao ser boicotado pelo Podemos e enredado na União Brasil, Sergio Moro perdeu o que mais lhe valeria na campanha: a chance de debater com Lula e Jair Bolsonaro. Ainda que não vencesse, o ex-juiz estava preparado para emparedar o petista com todas as provas que foram anuladas pelo Supremo, na Lava Jato.

Também teria a oportunidade de esvaziar a narrativa da farsa jato e relembrar os escândalos de corrupção da era petista.

Ao avançar sobre os aliados do PT no petrolão, apontaria para o PP, de Ciro Nogueira e Arthur Lira, hoje um dos principais partidos de suporte de Bolsonaro, além do PL do mensaleiro Valdemar Costa Neto.

Daria para explorar também a tragédia econômica da gestão Dilma Rousseff, que Lula tenta esconder em sua campanha, e a tragédia de Bolsonaro na gestão da pandemia, negando a Covid, atrasando vacinas e levando milhares à morte.

Seria o momento para mostrar como os petistas, que agora se levantam contra o bolsonarismo, silenciaram diante da barbárie do atual governo, rejeitando o impeachment por questões meramente eleitorais, ao custo de milhares de vidas.

Sobraria tempo para expor os excessos e omissões de um parte influente do Judiciário, que se imiscui no Legislativo e no Executivo, enquanto acusa a turma da Lava Jato de parcialidade.

Um debate em rede nacional sobre esse temas e com esses atores seria inédito, histórico.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....