Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mais um prego no caixão da Terceira Via

Prestando homenagem aberta ao chefão do PT, o MDB lulista procura matar no berço a pretensão eleitoral de Simone Tebet e enfraquecer o centro democrático
Mais um prego no caixão da Terceira Via
Reprodução/Instagram

O MDB lulista diz que não traiu Simone Tebet, a pré-candidata do partido à presidência, recebendo Lula para um jantar na noite desta segunda-feira (11). Ela teria sido avisada antecipadamente do encontro e, por isso, não teria do que reclamar. Na verdade, é o contrário. Se o encontro com Lula ocorresse em segredo, sem que nada fosse dito a Simone Tebet e sem que as conversas vazassem, a deslealdade teria sido infinitamente menor. Nesse caso, nada de novo teria acontecido.

A turma de Eunício Oliveira (foto, à dir.) e Renan Calheiros jamais quis que o MDB lançasse candidatura presidencial própria. Há meses eles negociam com Lula, num jogo de bastidores. Mas o jantar para quarenta talheres, com vazamento de todas as sílabas pronunciadas durante a noite para a imprensa, foi um gesto inequívoco de sabotagem. A mensagem transmitida pelos cardeais do MDB foi que Simone Tebet não consegue unificar nem mesmo o próprio partido.

Prestando homenagem aberta ao chefão do PT, o MDB lulista procura matar no berço a pretensão eleitoral de Tebet – e bate mais um prego no caixão da Terceira Via.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....