Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Único terrorista sobrevivente de ataques de 2015 em Paris é condenado

Salah Abdeslam foi condenado a prisão perpétua por "associação ao terrorismo" e "assassinatos em relação com atividade terrorista"
Único terrorista sobrevivente de ataques de 2015 em Paris é condenado
Foto: Maya-Anaïs Yataghène/Flickr

Após 10 meses do julgamento mais longo da história da França, a Justiça francesa condenou 19 dos 20 acusados de participação nos atentados terroristas de novembro de 2015 em Paris (foto). Dentre eles, está Salah Abdeslam, considerado o único sobrevivente do grupo que executou os ataques.

Abdeslam foi condenado a prisão perpétua sem possibilidade de redução de pena por “participação em uma associação terrorista” e “assassinatos em grupo em relação com atividade terrorista”.

O condenado alegava ter se recusado a matar civis durante o próprio ataque, usando como afirmando que seu colete explosivo nunca foi detonado.

Os promotores, porém, argumentaram que Abdeslam abandonou sua participação nos atentados, porque, de fato, seu colete explosivo falhou na hora.

O cidadão francês de origem belga já havia sido condenado a 20 anos de prisão na Bélgica por tentativa de homicídio em confronto com a polícia enquanto ainda era fugitivo, meses após os ataques em Paris.

Dentre os outros 19 envolvidos nos ataques, cinco são apenas presumidos mortos e um, que não participou dos ataques em loco, está preso na Turquia.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....