Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Twitter também bane conselheiros de Trump

Twitter também bane conselheiros de Trump
Reprodução

Além de Donald Trump, o Twitter também baniu o general Michael Flynn, que foi conselheiro de Segurança Nacional em 2017; da advogada Sidney Powell, que tentou reverter o resultado das eleições na Justiça, e de outros apoiadores do presidente americano.

A rede social disse que o objetivo é conter o QAnon, movimento que espalha teorias da conspiração e que inspirou invasores do Capitólio anteontem.

“Deixamos claro que tomaremos medidas de repressão severas sobre comportamentos que têm potencial de causar danos offline e, dado o potencial renovado de violência em torno deste tipo de comportamento nos próximos dias, suspenderemos permanentemente as contas que são exclusivamente dedicado a compartilhar conteúdo QAnon”, disse um porta-voz do Twitter ao site TechCrunch.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....