Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Trump pediu ajuda de Fernández para libertação de presos na Venezuela

Pouco antes de assumir a presidência da Argentina, no último dia 10, Alberto Fernández recebeu um pedido de Donald Trump para que intermediasse com o ditador Nicolás Maduro a libertação de seis executivos que estavam detidos na Venezuela.

Segundo o jornalista argentino Román Lejtman, do site Infobae, os executivos trabalhavam na Citgo Petroleum Corporation, a filial da estatal venezuelana de petróleo PDVSA nos Estados Unidos.

Acusados de crimes de corrupção, eles estavam presos no Departamento de Contrainteligência Militar, em Caracas.

Ainda segundo o Infobae, a ditadura de Maduro “nunca apresentou evidências válidas para justificar a captura dos executivos da Citgo”.

As negociações com Maduro foram conduzidas por Fernández, pelo chanceler Felipe Solá e pelo chefe de gabinete do presidente argentino, Santiago Cafiero. Dois dias antes da posse do líder argentino, foi concedida a prisão domiciliar ao grupo de executivos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....