Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Terroristas iniciam "recuperação territorial" do Chile

Sete propriedades foram tomadas à força na região de Araucania, no sul do país; governador critica presidente Gabriel Boric
Terroristas iniciam “recuperação territorial” do Chile
Foto: Reprodução

O grupo armado mapuche Coordenadora Arauco Malleco, CAM (foto), anunciou no último final de semana que iniciou um “processo de recuperação territorial” do Chile, informa a Crusoé. Sete propriedades foram tomadas à força na região de Araucania, no sul do país.

“A ação é parte de uma ofensiva mais ampla da CAM, que foi classificada como grupo terrorista pela Câmara dos Deputados do Chile, em junho. Após a posse do presidente de esquerda Gabriel Boric, em março, o grupo ficou mais ousado. Seu diretor, Héctor Llaitul, convocou seus membros a fazer uma resistência armada e a atacar o ‘grande capital’.”

O governador da região de Araucania, Luciano Rivas, conversou com a Crusoé sobre os últimos acontecimentos no país.

Catorze pessoas foram assassinadas só neste ano. Há famílias inteiras que perderam suas casas e seus empregos. […] Depois da posse de Boric, o governo levou quase cinquenta dias para perceber que a violência no sul do Chile precisava ser enfrentada de forma decisiva”, disse.

“Sua posição inicial era de não renovar o Estado de Emergência, o que ocasionou a retirada de mais de 2 mil militares da região e um aumento imediato dos episódios de violência de mais de 500%. Quando o governo finalmente decidiu promulgar um novo Estado de Emergência, ainda que de forma limitada, houve uma diminuição geral dos casos. Mas continuamos preocupados com duas coisas”, acrescentou.

LEIA MAIS AQUI; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....