Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Soldados ucranianos são retirados de siderúrgica em Mariupol

Segundo vice-ministra da Defesa da Ucrânia, mais de 260 combatentes, entre os quais 53 feridos, foram levados para fora da Azovstal, alvo de ataques russos
Soldados ucranianos são retirados de siderúrgica em Mariupol
Foto: Reprodução/ Rede Sociais

Mais de 260 combatentes ucranianos, entre os quais 53 feridos, foram retirados nesta segunda-feira (16) do complexo siderúrgico de Azovstal (foto), anunciou a vice-ministra ucraniana da Defesa, Hanna Maliar.

“Em 16 de maio, 53 feridos graves deixaram Azovstal para Novoazovsk, para receber assistência médica, e outros 211 foram levados para Olenivka por meio de um corredor humanitario”, disse Maliar em um vídeo, segundo relato da agência Reuters.

Mais cedo, a Rússia disse concordar com a saída de soldados feridos.

No final do mês passado, o prefeito de Mariupol, Vadym Boichenko, afirmou que mais de 600 pessoas haviam ficado feridas no bombardeio russo que atingiu o hospital improvisado dentro do complexo siderúrgico, dentro do qual haveria, além dos soldados, cerca de mil civis.

No domingo (15), conforme publicamos, um vereador da cidade acusou a Rússia de usar bombas de fósforo branco no ataque a Azovstal.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....