Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Secretário-geral da ONU: "Não podemos pensar em ir até o abismo"

António Guterres classificou a decisão de Vladimir Putin de reconhecer a independência de regiões separatistas da Ucrânia como uma violação
Secretário-geral da ONU: “Não podemos pensar em ir até o abismo”
Reprodução/CNN/YouTube

O secretário-geral da ONU, António Guterres (foto), afirmou, no Plenário da Assembleia Geral, que o governo de Vladimir Putin violou a soberania ucraniana ao reconhecer a independência dos territórios separatistas localizados em Donbas.

“A decisão da Rússia de reconhecer a independência das regiões de Luhansk e Donetsk viola a soberania do território da Ucrânia e são inconsistentes com os princípios da carta das Nações Unidas.”

Segundo Guterres, os acordos de Minsk, firmados durante a anexação da Crimeia, foram completamente esquecidos.

“Os acordos de Minsk, aprovados pelo Conselho de Segurança e aprovados desde o início, sobreviveram na UTI com vários equipamentos vitais. Esses equipamentos foram agora desligados.”

O secretário-geral defendeu o diálogo e o respeito à Carta das Nações Unidas.

Não podemos pensar em ir até o abismo. Precisamos pensar em um cessar fogo, pensar em negociações e conversas. Pensar no povo da Ucrânia. Eu peço que todas as partes usem a Carta da ONU.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....