Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Rússia libera “médica heroína” da Ucrânia

Yuliia Paievska gravou imagens dos “horrores” de Mariupol por meio de uma câmera acoplada a seu capacete
Rússia libera “médica heroína” da Ucrânia
Foto: Reprodução

A médica ucraniana Yuliia Paievska (foto), que divulgou imagens dos “horrores” de Mariupol, foi solta três meses depois de ter sido capturada pelas forças de Vladimir Putin. A informação foi confirmada nesta sexta-feira pelo presidente Volodymyr Zelensky, que afirmou que continuará a “trabalhar para libertar” toda a Ucrânia.

Conhecida como Taira, a médica registrou por meio de uma câmera acoplada a seu capacete os atendimentos que fazia durante os primeiros dias da invasão. Ela gravou 256 gigabytes de vídeos que mostram a médica atuando para salvar tanto soldados ucranianos como russos.

“Estou particularmente feliz por anunciar que conseguimos libertar a médica e voluntária ucraniana Yuliia ‘Taira’ Paievska do cativeiro, já está em casa. Continuaremos a trabalhar para libertar todo o nosso povo e obter decisões ainda mais positivas para a Ucrânia”, afirmou Zelensky.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....