Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Rússia dá calote em dívida externa pela primeira vez desde a Revolução Russa

O default não deve ter impacto a curto prazo visto que os russos não podem realizar empréstimos internacionais devido a sanções relacionadas à guerra na Ucrânia
Rússia dá calote em dívida externa pela primeira vez desde a Revolução Russa
Foto: Oleg Shakurov/Pixabay

Embora ainda não oficializado pelo Kremlin, a Rússia deu calote em parte de sua dívida externa nesta segunda-feira (27). Esta é a primeira vez na história do governo russo desde a Revolução de 1918, quando os bolcheviques derrubaram a monarquia russa e implantaram o comunismo no país.

O calote envolve pagamentos de 100 milhões de dólares em juros sobre dois títulos de dívida, um cobrado em dólar, e o outro em euro, que originalmente venciam em 27 de maio. Um prazo de carência de 30 dias postergou o vencimento para o final deste domingo (27).

Sem apresentar provas da realização desses pagamentos, o Kremlin nega o calote. O porta-voz russo Dmitry Peskov afirmou que a Rússia quitou a dívida em maio, mas a transferência foi bloqueada devido às sanções internacionais relacionadas à guerra na Ucrânia.

Justamente por conta das sanções, o calote não deve ter impacto a curto prazo visto que os russos não podem realizar empréstimos internacionais.

O default, porém, deve aumentar os juros sobre eventuais futuros empréstimos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....