Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Primeiro-ministro do Haiti diz ter sofrido tentativa de assassinato

Assessoria de Ariel Henry afirmou que "bandidos e terroristas" fizeram disparos contra ele e sua comitiva em evento no último fim de semana
Primeiro-ministro do Haiti diz ter sofrido tentativa de assassinato
Foto: Gabinete do Primeiro-ministro do Haiti

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry (foto), disse ter sofrido uma tentativa de assassinato, no último fim de semana, na cidade de Gonaïves. Em comunicado, a assessoria dele afirmou que “bandidos e terroristas” fizeram disparos contra ele e sua comitiva em uma igreja, durante evento para celebrar os 218 anos da independência haitiana.

“Nossos inimigos, os inimigos do povo haitiano, são os terroristas que não hesitam em usar a violência para matar com todas suas forças, ou para sequestrar, para tirar sua liberdade, estuprar. E fazem tudo por dinheiro”, diz a mensagem no Twitter do primeiro-ministro.

Pelo menos uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas no tiroteio. A polícia nacional não se pronunciou sobre o incidente, mas o governo disse que os responsáveis pelos disparos foram identificados e estão sendo procurados.

Em julho do ano passado, o então presidente do Haiti, Jovenel Moïse, foi assassinado a tiros na residência oficial na capital Porto Príncipe. No final de dezembro, o New York Times noticiou que Moïse pretendia entregar ao governo americano uma lista com nomes de pessoas ligadas ao narcotráfico.

Até hoje, no entanto, não se sabe quem ordenou o assassinato. Em 2020, dezoito ex-militares colombianos foram presos suspeitos de envolvimento no crime.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....