Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pfizer diz que comprimido anti-Covid previne formas graves da doença

A substância conseguiu reduzir em quase 90% as hospitalizações e mortes; segundo a empresa ela deve ser capaz de conter a Ômicron
Pfizer diz que comprimido anti-Covid previne formas graves da doença
Foto: Myke Sena/MS

A Pfizer anunciou nesta terça-feira (14) que, em estudo, seu comprimido antiviral, Paxlovid, reduziu de forma significativa as hospitalizações e mortes em decorrência da Covid entre pessoas do grupo de risco.

O resultado foi semelhante a um estudo anterior, feito em novembro. Segundo a empresa, o medicamento diminuiu em até 90% as internações e mortes quando foi tomado entre três ou cinco dias dos primeiros sintomas.

Os dados finais sobre pacientes de alto risco mostraram que de 697 pessoas que receberam Paxlovid, apenas cinco foram hospitalizadas e nenhuma morreu. Em contraste, 44 dos pacientes que receberam um placebo foram hospitalizados e nove morreram.

A Pfizer disse ainda que a substância deve ser capaz de conter a variante Ômicron.

“Estamos trabalhando com urgência para realmente ter certeza de que podemos ter esse tratamento disponível”, afirmou a diretora científica de vacinas da Pfizer, Annaliesa Anderson.

No último dia 16, a empresa pediu à agência reguladora americana autorização para uso emergencial da substância.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....