Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

OMS dá nome de 'Ômicron' a variante identificada no sul da África

"Evidências preliminares sugerem um maior risco de reinfecção com esta variante". A organização classificou a variante como "preocupante"
OMS dá nome de Ômicron a variante identificada no sul da África
Ilustração: Dieterich01/Pixabay

A OMS acaba de informar que batizou de ‘Ômicron’ a variante B.1.1.529, identificada primeiro no Botsuana e hoje responsável por boa parte dos casos novos na região de Joanesburgo, na África do Sul.

Ômicron é a 15ª letra do alfabeto grego. A classificação da variante com um nome específico indica que ela é uma “variante de preocupante’, a pior classificação.

“Esta variante tem um grande número de mutações, algumas das quais são preocupantes”, diz comunicado da organização.

“Evidências preliminares sugerem um maior risco de reinfecção com esta variante, comparada com outras variantes de preocupação. O número de casos desta variante parece estar aumentando em todas as províncias da África do Sul.”

A Ômicron apresenta diversas mutações na proteína Spike, justamente a parte do vírus que é alvo das vacinas existentes — muito mais do que a variante Delta.

Apesar disso, virologistas respeitados, como o italiano Roberto Burioni, afirmam que não é caso de entrar em pânico. “Substancialmente, NADA é conhecido sobre a nova variante”, escreveu ele no Twitter.

Leia também:

“Vai levar semanas para entender o impacto dessa variante”, diz especialista da OMS

Ministro da Saúde da África do Sul: “Não faz sentido” suspender voos

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....