Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mundo vive "tsunami de infecções" por Covid, diz epidemiologista da OMS

Para Maria Van Kerkhove, 2022 tem que ser o ano em que acabaremos com a pandemia
Mundo vive “tsunami de infecções” por Covid, diz epidemiologista da OMS
Foto: OMS

A líder da equipe técnica da OMS para Covid, Maria Van Kerkhove, disse ao El País, da Espanha, que o mundo vive um “tsunami de infecções”.

“Acho que estamos enfrentando um tsunami de infecções no mundo, tanto de Delta [a variante dominante nos últimos meses] como de Ômicron”, disse a cientista, em entrevista publicada nesta terça (14).

“Repito aos governos: não esperem para agir. E não me refiro a confinamentos. Antes de começar a ver aumento das hospitalizações, por favor, usem as máscaras, facilitem o teletrabalho, limitem o contato com outras pessoas, evitem reuniões, invistam em ventilação, aumentem a vigilância dos genomas de vírus e preparem seus hospitais. Agora é a hora de agir contra a variante Delta também, porque ela está causando estragos. Mesmo na Europa, que tem altos níveis de vacinação, ainda existem grandes bolsões de pessoas vulneráveis ​​que não foram vacinadas ou não têm o esquema completo”.

Kerkhove também disse que ainda não se sabe se a Ômicron causa doença mais branda ou mais grave que outras cepas.

A epidemiologista também pediu um esforço para acabar com a pandemia em 2022.

“Temos que acabar com esta pandemia. Precisamos diminuir a transmissão para níveis baixos, evitar doenças graves com vacinação e obter um tratamento precoce. 2022 tem que ser o ano em que fazemos isso. É o terceiro ano. Se não o fizermos, haverá um quarto ano. O que nós queremos?”.

Leia mais:

Pfizer diz que comprimido anti-Covid previne formas graves da doença

OMS: se países não impedirem a Delta, também não vão conter a Ômicron

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....