Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ingenuidade de Gabriel Boric esbarra na resistência armada dos terroristas mapuches

Presidente chileno, que prometia diálogo sem impor condições, enviou as Forças Armadas para conter os ataques do grupo
Ingenuidade de Gabriel Boric esbarra na resistência armada dos terroristas mapuches
Gabriel Boric

O presidente do Chile, Gabriel Boric (foto), enviou as Forças Armadas para conter os ataques de grupos de índios mapuches ao sul do país, informa a Crusoé. Um estado de exceção foi decretado por 30 dias, com militares sendo deslocados para estradas da região de Araucânia.

“A medida de força, tomada com relutância, é um atestado da ingenuidade de Boric, que cresceu no movimento estudantil com um discurso a favor das comunidades indígenas. Para resolver o problema da violência dos mapuches organizados, que pedem autonomia, Boric prometia um diálogo com todos os envolvidos, sem impor condições.”

“Seu programa de governo falava em retirar os militares da Araucânia, revertendo uma política do ex-presidente Sebastián Piñera. No esboço da nova Constituição, que ainda poderá ser rejeitada, um artigo diz que o Chile será um estado plurinacional, a exemplo do que existe na Bolívia. Mas a realidade não deu espaço para a concretização dessas utopias.”

LEIA MAIS AQUI; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....