Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Human Rights Watch diz que Brasil precisa evitar que Bolsonaro repita Capitólio

Em relatório mundial divulgado nesta quinta-feira, a ONG diz que o presidente atentou sistematicamente contra as instituições ao longo do ano passado
Human Rights Watch diz que Brasil precisa evitar que Bolsonaro repita Capitólio
Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

Em seu Relatório Mundial de 2022, divulgado nesta quinta-feira (13), a Human Rights Watch dedicou um longo espaço às violações aos direitos humanos que ocorreram no Brasil.

Na avaliação da entidade, Jair Bolsonaro (foto) atentou sistematicamente contra as instituições democráticas, o sistema eleitoral e a liberdade de expressão em 2021.

“O presidente Bolsonaro atacou e tentou intimidar o STF, que conduzia quatro investigações sobre sua conduta, incluindo se interferiu em nomeações da Polícia Federal a fim de promover seus interesses pessoais, e se cometeu prevaricação em relação a um caso de suposta corrupção envolvendo a compra de vacinas para a Covid.”

O documento ainda cita os ataques do presidente ao sistema eleitoral, “alegando fraude eleitoral sem nenhuma evidência”.

Em entrevista ao UOL, a diretora da ONG no Brasil, Maria Laura Canineu, disse que o país precisa evitar que Bolsonaro repita a invasão ao Capitólio, nos Estados Unidos, em 6 de janeiro do ano passado, após a derrota de Donald Trump.

“A sociedade civil brasileira, a comunidade internacional e as instituições precisam continuar vigilantes para que não aconteça aqui o que aconteceu nos EUA com a invasão ao Capitólio.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....