Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

França reconhece erro em prisão de saudita por participação no assassinato de Kashoggi

Homem detido se chama Khaled Aedh Al-Otaibi, o mesmo nome de um antigo membro da Guarda Real Saudita citado nas investigações
França reconhece erro em prisão de saudita por participação no assassinato de Kashoggi
wikimedia commons

O saudita preso ontem no aeroporto Roissy-Charles-de-Gaulle, em Paris, não é o indivíduo procurado pelas autoridades por ter participado do assassinato do jornalista Jamal Khashoggi (foto), em 2018, na Turquia.

Em comunicado divulgado nesta quarta (8), o procurador da capital francesa, Rémy Heitz, disse que o homem detido se chama Khaled Aedh Al-Otaibi, o mesmo nome de um antigo membro da Guarda Real Saudita citado em documentos nas investigações sobre a morte de Khashoggi.

“Verificações aprofundadas relativas à sua identidade permitiram estabelecer que o mandado não se aplicava a esse homem, disse Heitz. “É um homônimo quase perfeito”, concluiu.

A procuradoria informou que, após a constatação, ele foi libertado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....