Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Facebook derruba rede antivacina russa que atuou no Brasil

O grupo, que também mirou os EUA e a Índia, disseminava supostos relatórios científicos, petições e memes por meio de influenciadores
Facebook derruba rede antivacina russa que atuou no Brasil
Foto: Sputnik

O Facebook informou hoje que derrubou uma rede coordenada de conteúdo antivacina que operava a partir da Rússia e publicava notícias falsas em países como Brasil, Índia e Estados Unidos.

O grupo disseminava supostos relatórios científicos, petições e memes por meio de influenciadores digitais. A investigação interna do Facebook aponta que a rede está ligada a uma empresa de marketing chamada Fazze, que se descrevia como “plataforma de marketing de influência conectando blogueiros e anunciantes”. Como destacamos, a Fazze fechou seu site ontem após as denúncias.

O conteúdo falso sobre as vacinas AstraZeneca e Pfizer — concorrentes do imunizante russo Sputnik V — era operado por uma rede com 65 contas do Facebook e 243 do Instagram. Também foi constatado que o grupo atuava em fóruns na internet.

Segundo o Facebook, dois influenciadores — um alemão e outro francês — teriam recusado a proposta de 2 mil euros apresentada pela Fazze e exposto a campanha.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....