Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

EUA e OEA condenam agressões a Juan Guaidó

Líder opositor venezuelano foi hostilizado e expulso de restaurante por simpatizantes do regime de Maduro
EUA e OEA condenam agressões a Juan Guaidó
Foto: Reprodução

O governo dos EUA e a Organização dos Estados Americanos (OEA) manifestaram preocupação com o líder opositor venezuelano Juan Guaidó. Como mostramos, ele foi agredido no sábado por simpatizantes de Nicolás Maduro em um restaurante na cidade de San Carlos.

Em publicação nas redes sociais, o secretário-assistente para as Américas do Departamento de Estado dos EUA, Brian Nichols, se disse “profundamente preocupado” com a agressão. “Esse ataque atroz arriscou vidas. Os responsáveis pela agressão deverão responder na Justiça”.

Luís Almagro, secretário-geral da OEA, também se manifestou no Twitter:

“Condenamos o ataque a Juan Guaidó (…) de sicários coletivos do regime. A sua integridade física deve ser respeitada. Condenamos qualquer forma de violência e de perseguição política executada pela ditadura.”

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram um grupo de pessoas arremessando cadeiras e outros objetos na direção do político venezuelano.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....