Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Estudo na África do Sul mostra que humanos transmitiram Covid para leões

Infecções zoonóticas reversas - ou seja, de humanos para animais - levantam preocupação sobre o potencial surgimento de novas variantes
Estudo na África do Sul mostra que humanos transmitiram Covid para leões
Foto: Universidade de Pretória

Pesquisadores da Universidade de Pretória, na África do Sul, publicaram um estudo mostrando que o funcionário de um zoológico transmitiu a variante Delta do novo coronavírus para três leões.

O estudo foi publicado na terça retrasada (11) em uma edição especial da revista Viruses com pesquisas sobre a Covid em países dos BRICS.

Segundo os pesquisadores, infecções zoonóticas reversas – ou seja, de humanos para animais – levantam preocupação sobre o potencial surgimento de novas variantes.

O estudo relata a infecção de um puma exótico, em julho de 2020, e três leões africanos, em julho de 2021, em um zoológico particular em Joanesburgo (foto).

Exames de PCR dos animais deram positivo por até sete semanas depois de ficarem doentes – eles ficaram isolados até um exame dar negativo.

Os leões ficaram com dificuldades para respirar, nariz escorrendo e tosse seca por até 15 dias. Uma leoa desenvolveu pneumonia, que não respondeu a antibióticos.

O puma e os leões se recuperaram da doença.

Segundo a Universidade de Pretória, este é pelo menos “o terceiro ou quarto” surto registrado do tipo em que o vírus da Covid foi transmitido de humanos para grandes felinos, mas o primeiro na África e o primeiro a relatar infecção com a variante Delta para a iniciativa One Health, liderada pelos Estados Unidos.

Assista também:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....