Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Djokovic é acusado de mentir em formulário de entrada na Austrália

O tenista teria dito no documento que não fez viagens nos 14 dias anteriores à sua chegada ao país, quando, na verdade, viajou para a Espanha
Djokovic é acusado de mentir em formulário de entrada na Austrália
Reprodução/Novak Djokovic/Instagram

Jornais australianos noticiam nesta terça-feira (11) que o tenista sérvio Novak Djokovic mentiu na última quarta, ao preencher o formulário de entrada no país.

Ao desembarcar, na ocasião, Djokovic foi barrado por não apresentar um certificado de vacinação contra a Covid e teve o visto cancelado. Ele recorreu da decisão e, ontem, conseguiu uma autorização para permanecer no país e participar do Australian Open.

Ao preencher o formulário, o sérvio informou que não fez viagens internacionais nos 14 dias anteriores ao seu voo para a Austrália. Ele, no entanto, teria viajado para a Espanha uma semana antes.

O próprio documento alerta sobre os riscos de mentir ao preenchê-lo:

“Observação: fornecer informações falsas ou enganosas é uma ofensa grave. Você também pode estar sujeito a uma penalidade civil por fornecer informações falsas ou enganosas.”

Apesar da permissão para Djokovic ficar na Austrália, o tenista ainda pode ser deportado, a depender do ministro do Interior, Alex Hawke. A informação falsa pode pesar na decisão.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....