Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Comissão Europeia recomenda candidatura oficial da Ucrânia à UE

Presidente da comissão, Ursula von der Leyen, fez a recomendação em entrevista nesta sexta; gesto é simbólico, já que adesão efetiva a bloco pode levar anos
Comissão Europeia recomenda candidatura oficial da Ucrânia à UE
Reprodução/EU Parliament

A Comissão Europeia, braço executivo da UE (União Europeia), recomendou nesta sexta-feira (17) que a Ucrânia seja designada oficialmente candidata a integrante do bloco.

O gesto, largamente simbólico —já que a adesão de um país à UE pode demorar anos ou até décadas—, marca a posição europeia em face da invasão da Rússia, que já se encaminha para o quarto mês.

Na quinta (16), três chefes de governo ocidentais (o francês Emmanuel Macron, o italiano Mario Draghi e o alemão Olaf Scholz) reforçaram a necessidade de adesão da Ucrânia ao bloco durante a visita que fizeram a Volodymyr Zelensky em Kiev.

“A Ucrânia demonstrou com clareza as aspirações e a determinação para viver de acordo com os valores e padrões europeus”, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen (foto), na entrevista coletiva que concedeu hoje.

Zelensky classificou a decisão da comissão como “primeiro passo que nos aproximará da vitória”. O anúncio em torno de candidaturas ao bloco europeu também incluiu a Moldávia, informa a agência Reuters.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....