Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CDC recomenda reforço da vacina para adolescentes de 12 a 17 anos

O intervalo deve ser de pelo menos cinco meses após as duas primeiras doses do imunizante; até agora, as doses estavam autorizadas para maiores de 16 anos
CDC recomenda reforço da vacina para adolescentes de 12 a 17 anos
Foto: Myke Sena/MS

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) recomendou que adolescentes de 12 a 17 anos recebam um reforço da vacina da Pfizer contra o coronavírus, diz o The Washington Post.

O intervalo deve ser de pelo menos cinco meses após as duas primeiras doses da vacina.

Como mostramos, a FDA, a Anvisa americana, autorizou na última segunda-feira (3) a aplicação de uma dose de reforço da vacina da Pfizer em todos os adolescentes de 12 a 15 anos. Até agora, as doses de reforço estavam autorizadas para todos os americanos maiores de 16 anos.

Enquanto isso, no Brasil, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, evitou nesta quarta (5), na coletiva de imprensa sobre vacinação de crianças, dizer quando essa vacinação começa.

No começo do pronunciamento, passou a tarefa para o secretário-executivo, Rodrigo Cruz. Foi ele, e não o ministro, que anunciou esperar para 13 de janeiro a chegada das primeiras doses da vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos, com distribuição aos municípios em 14 de janeiro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....