Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Biden pedirá a Congresso dos EUA que suspenda impostos sobre gasolina

Medida valeria por três meses; país enfrenta a maior inflação em 40 anos e preço da gasolina alcançou níveis históricos; Ação é pensada para impostos federais e estaduais
Biden pedirá a Congresso dos EUA que suspenda impostos sobre gasolina
Foto: The White House via Flickr

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (foto), deve pedir ao Congresso do país nesta quarta-feira (22) que avance com uma proposta de suspensão temporária dos impostos sobre os combustíveis, por 90 dias. A manobra, que tiraria impostos sobre a gasolina e o diesel consumidos no país, poderia desafogar os preços nas bombas, que também estão em alta histórica.

Pela primeira vez o país viu a média da gasolina passar de US$ 5 por galão na semana passada (na conversão para o sistema métrico, o preço do litro seria de R$ 6,82 na cotação atual). Nesta semana, os preços recuaram para US$ 4,95 (R$6,76 por litro).

O alto preço é resultado da invasão da Ucrânia pela Rússia no início do ano, que fez o preço subir US$2 por galão desde fevereiro. O aumento ajudou a pressionar a inflação do país, que atingiu o maior patamar anual em 40 anos.

Atualmente, a taxação é de 18.8 cents (R$ 0,98) por galão de gasolina, e 24.4 cents (R$ 1,26) em um galão de diesel. A expectativa do governo Biden é que o plano de suspensão custe cerca de US$ 10 bilhões (R$ 51,6 bilhões), mas possa reduzir em US$ 1 (R$ 5,16) o preço do galão de combustível.

A expectativa do anúncio de Biden fez a cotação do petróleo cair. Os contratos para o brent, principal cotação da commodity, registrava queda de mais de 5%, a US$ 108.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....