Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ataque russo matou 87 em quartel, diz a Ucrânia

Volodymyr Zelensky divulgou número em seu discurso na abertura do fórum de Davos; segundo governo ucraniano, foi a pior perda militar na guerra
Ataque russo matou 87 em quartel, diz a Ucrânia
Reprodução

O governo da Ucrânia reconheceu nesta segunda-feira (23) suas piores perdas militares como consequência de um único ataque desde o início da invasão russa.

Segundo Kiev, 87 pessoas foram mortas na semana passada quando forças da Rússia atacaram um quartel que abriga tropas em uma base de treinamento no norte ucraniano.

O número foi divulgado por Volodymyr Zelensky (foto) durante o discurso por vídeo que o presidente da Ucrânia fez hoje no Fórum Econômico de Davos.

“A história está em um ponto de virada. Este é realmente o momento em que se decide se a força bruta governará o mundo”, declarou Zelensky no vídeo.

O anúncio de que dezenas foram mortos em um único ataque demonstra a capacidade da Rússia de infligir grandes perdas à Ucrânia, mesmo longe do front, assinala a Reuters.

A Ucrânia tinha dito que pelo menos oito pessoas foram mortas no ataque de 17 de maio, dando poucos detalhes. O número foi mais que o dobro do total de mortos num ataque semelhante a uma base de treinamento ucraniana em Yaraviv, em março.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....