Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Arábia Saudita executa 81 "por terrorismo" em um único dia

Execuções ocorreram um dia após libertação de blogueiro oposicionista; segundo o governo, réus planejavam ataques com a morte de "um grande número" de civis
Arábia Saudita executa 81 “por terrorismo” em um único dia
Foto: jakman1/Pixabay

A Arábia Saudita (foto) executou neste sábado (12) 81 pessoas acusadas de “terrorismo”, anunciou seu Ministério do Interior. Segundo as agências internacionais, o número superou as 67 execuções relatadas no reino durante o ano de 2021. Em 2020, foram 27.

O governo saudita afirmou que os réus foram condenados por elos com organizações consideradas terroristas pelo país, como Estado Islâmico, Al Qaeda e os rebeldes houthis do Iêmen. Alegou também que os executados estavam planejando ataques no reino, como a morte de “um grande número” de civis e membros das forças de segurança.

As execuções de hoje ocorreram um dia após a libertação do blogueiro saudita e ativista de oposição Raif Badawi, que fora condenado a dez anos de prisão e mil chicotadas sob a acusação de insultar o islã. A punição foi suspensa após pedidos da comunidade internacional. Ele recebeu 50 chicotadas e está proibido de deixar o país nos próximos dez anos.

Monarquia absolutista, a Arábia Saudita é acusada de violações frequentes dos direitos humanos. Seu príncipe herdeiro, Mohamed bin Salman, é acusado de ter mandado matar o jornalista Jamal Khashoggi dentro da embaixada saudita na Turquia, em outubro de 2018.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....