Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Anistia Internacional: "Tragédia" no Afeganistão poderia ter sido evitada

"Governos estrangeiros devem tomar todas as medidas necessárias para garantir a saída segura do Afeganistão para todos os que correm risco de virarem alvos do Talibã"
Anistia Internacional: “Tragédia” no Afeganistão poderia ter sido evitada
Foto: Mohammad Rahmani/Unsplash

A secretária-geral da Anistia Internacional, Agnes Callamard, publicou nota nesta segunda (16) sobre a situação no Afeganistão.

“O que estamos testemunhando no Afeganistão é um tragédia que poderia ter sido prevista e evitada”, diz o texto. “Ela vai piorar ainda mais sem ação rápida e decisiva da comunidade internacional. Milhares de afegãos em sério risco de represálias do Talibã – de acadêmicos e jornalistas a ativistas da sociedade civil e defensores dos direitos das mulheres – estão em perigo de serem abandonados a um futuro profundamente incerto.

Governos estrangeiros devem tomar todas as medidas necessárias para garantir a saída segura do Afeganistão para todos os que correm risco de virarem alvos do Talibã. Isso inclui emitir vistos, entregar apoio a evacuações no aeroporto de Kabul, fornecer realocações e abrigo, e suspender todas as deportações e retornos forçados. Urgimos aos Estados Unidos para continuarem a fornecer segurança no aeroporto enquanto as evacuações ainda acontecem.

Enquanto o povo do Afeganistão encara uma nova e rígida realidade, o Conselho de Segurança da ONU deve também adotar uma resolução de emergência chamando o Talibã – que agora efetivamente controla o país – a rspeitar as leis internacionais de direitos humanos, proteger os civis, e encerrar os ataques em represália, enquanto as negociações para arranjos transitórios continuam”.

O Conselho de Segurança da ONU se reúne logo mais, às 11h (horário de Brasília).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....