Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crise em Manaus turbinou pedidos de impeachment de Bolsonaro no Twitter

Crise em Manaus turbinou pedidos de impeachment de Bolsonaro no Twitter
Foto: Anderson Riedel/PR

Um levantamento da organização Avaaz divulgado nesta terça (23) mostra que o maior pico de publicações no Twitter sobre o impeachment de Bolsonaro foi durante a crise de oxigênio em Manaus.

Desde o começo da pandemia, a discussão sobre o tema também alcançou outros picos, alguns deles coincidentes com declarações de Bolsonaro minimizando a pandemia.

avaaz_estudo impechment bolsonaro_marco 2021
Reprodução/Avaaz
O levantamento identificou 2,3 milhões de tweets mencionando “Bolsonaro” e “impeachment” entre fevereiro de 2020 e janeiro de 2021. A hashtag #forabolsonaro foi usada em mais de 1 milhão dessas mensagens.

Nesse período, a Avaaz identificou nove picos de citações ao tema. O primeiro deles é o pronunciamento de Bolsonaro em cadeia nacional no qual o presidente usou o termo ‘gripezinha’, em março de 2020.

Outros momentos que esquentaram as menções ao impeachment incluem: a saída de Mandetta com a entrada de Nelson Teich; a saída de Sergio Moro; o dia em que Bolsonaro anunciou um churrasco, em maio; a saída de Teich; e o dia em que o presidente ameaçou os Estados Unidos, com a declaração quando acaba a saliva, tem que ter pólvora“.

Como destaca a organização, não é possível dizer que todas as publicações sejam de usuários a favor do impeachment, já que os termos também são usados por defensores do presidente reagindo ao movimento.

A Avaaz é uma ONG de ativistas com sede nos Estados Unidos. Segundo seu site oficial, tem 66 milhões de membros no mundo todo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....