Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Com Faustão, Band inicia projeto para ultrapassar SBT e ser terceira TV em audiência

Emissora quer aproveitar vulnerabilidade da rival para retomar posição perdida na década de 1990, época em que a Record surgiu como rede em ascensão
Com Faustão, Band inicia projeto para ultrapassar SBT e ser terceira TV em audiência
Foto: Divulgação/TV Bandeirantes

A Band estreia nesta segunda-feira, às 20h30, o programa de Faustão. “Faustão na Band” marca o retorno da emissora ao horário nobre, abandonado em 2003 para a comercialização do “Show da Fé”, de R.R.Soares, e um projeto ainda mais ousado, que pode mudar a ordem de grandeza da TV aberta.

Atualmente em quarto lugar no ibope da Grande São Paulo, região que concentra mais da metade do investimento publicitário do Brasil, a Band quer se aproveitar da pasmaceira do SBT para, pouco a pouco, voltar a figurar no Top 3 do mercado, algo que não acontece há quase trinta anos.

A missão da Band, de acordo com os números da Kantar, está longe de ser impossível. Com a entrada do “SBT Notícias” na faixa vespertina, o SBT perdeu boa parte de seu público habitual e passou a sofrer derrotas pontuais para a nova rival. Na última quarta-feira, por exemplo, a rede dos Saad bateu a casa de Silvio Santos por 2,9 a 2,7 pontos na faixa das 12h às 18h. O estrago não foi maior graças às novelas mexicanas.

São dois os pontos fracos da Band no horário comercial: as manhãs, que têm pouca influência no quadro geral da audiência, e as noites, determinantes para todas as redes. A aposta é que Faustão resolva esse segundo problema, empatando ou reduzindo drasticamente a distância para a reprise de “Carinha de Anjo”, novela infantil que o SBT exibe das 20h30 às 22h30. Caso isso se confirme, faltaria à Band um produto competitivo no intervalo das 22h30 à 0h, já que Datena e o “Jornal da Band” pontuam bem entre 18h e 20h30.

O quebra-cabeças da Band, montado por Antonio Zimmerle, ex-diretor de programação da Globo, ainda está concentrado nos dias úteis. Há, entretanto, investimento forte para os sábados e domingos. A emissora adquiriu os direitos de transmissão de duas séries de ponta — “Vikings” e “Outlander” — e trouxe a tiracolo as primeiras temporadas de “House of Cards”, sucesso da Netflix que teve o final antecipado devido a Kevin Spacey. Soma-se a esse mundaréu de enlatados a manutenção da Fórmula 1, que em novembro e dezembro impôs derrotas à Globo, e a contratação da trupe do “Encrenca”, último suspiro da RedeTV!.

Depois da estreia de Faustão, as fichas da Band estarão concentradas no Mundial de Clubes da FIFA, que traz o Palmeiras como destaque. O mesmo Palmeiras que, meses atrás, garantiu ao SBT o maior ibope dos últimos dezenove anos. A depender dos índices do primeiro jogo do Alviverde e de sua aguardada chegada à final do torneio, a lógica é que a Band experimente o terceiro lugar já em fevereiro.

A sorte do SBT, ao que parece, está perdida em alguma roleta de game show do século passado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....