Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Servidores do BC se incomodam com 'Bolsonaro pai do Pix'

Em greve, categoria garante que não vai interromper o funcionamento da ferramenta, cujo início do projeto é bem anterior ao atual governo
Servidores do BC se incomodam com Bolsonaro pai do Pix
Foto: Divulgação/Banco Central

Os servidores do Banco Central decidiram, em assembleia nesta terça-feira (10), manter por tempo indeterminado a greve iniciada no último dia 3.

A categoria se queixa da “não abertura de mesa de negociação e a não apresentação de proposta oficial por parte do governo”.

Segundo registro do Valor, o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Fabio Faiad, disse que “a greve tem adesão majoritária e vai continuar a afetar o boletim Focus, a divulgação da Ptax, a assinatura de processos de autorização no sistema financeiro, a realização de eventos e reuniões e outras atividades”.

O funcionamento do Pix não será interrompido em razão da mobilização, mas a entidade aproveitou para criticar o uso eleitoral da ferramenta.

“Tal sistema de pagamento instantâneo foi criado e implementado pelos analistas e técnicos do Banco Central do Brasil, ou seja, por servidores concursados de Estado, não pelo atual governante ou por qualquer outro governo. É importante ressaltar que o início do projeto do Pix é bem anterior ao mandato do atual presidente da República.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....