Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Servidores do BC ameaçam greve por tempo indeterminado a partir de fevereiro

Entidades que representam trabalhadores se reuniram com presidente da autarquia; segundo eles, proposta de reajuste não foi apresentada
Servidores do BC ameaçam greve por tempo indeterminado a partir de fevereiro
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Os servidores do Banco Central (BC) ameaçam greve por tempo indeterminado se o governo não apresentar, até o fim de janeiro, uma proposta de reajuste para a categoria. Entidades que representam os trabalhadores se reuniram hoje com o presidente da autarquia, Roberto Campos, mas não receberam qualquer proposta de aumento salarial.

O presidente do Sindicato dos Funcionários do BC (Sinal), Fábio Faiad, afirmou a O Antagonista que o encontro foi amistoso e propositivo, mas sem qualquer proposta de reajuste.

“A reunião não foi frustrante, mas longe de ter sido satisfatória. Qual é a proposta concreta do governo para os servidores do Banco Central? Ela não existe. A paralisação dos servidores está mantida para 18 de janeiro”, disse.

Faiad afirmou que espera, ainda em janeiro, nova reunião com o presidente do BC e que nela haja uma proposta concreta de reajuste.

“Caso contrário, passaremos a debater a proposta de greve por tempo indeterminado em fevereiro”, disse.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....